55 3242 5545
pousadapitangueiras@hotmail.com

Turismo de Santana do Livramento

Turismo de Santana do Livramento

Situada na chamada Fronteira Oeste do Estado, juntamente com outros municípios, integra a região fisiográfica da Campanha, que perfaz uma área total de 7001 km ² o que representa aproximadamente 20 % da área territorial do Rio Grande do Sul. Sant’Ana do Livramento é uma cidade diferente, sua originalidade é Ter um obelisco no Parque Internacional como divisória e uma avenida entre uma das principais ruas da cidade irmã Rivera-ROU. As duas cidades têm características tão semelhantes que ora estamos no Brasil e ora no Uruguai.

Há grandes intercâmbios comerciais o que caracteriza as duas cidades com um imenso movimento de turistas, a alta ou baixa do dólar beneficia ora um lado ora outro da fronteira.

O centro da cidade apresenta indícios de concentração urbana excessiva com a presença de edifícios domiciliares até dezoito pavimentos. A rua principal, Rua dos Andradas, é a continuação da avenida principal da cidade de Rivera, Avenida Sarandi, ambas com grande concentração comercial e movimento muito mais intenso para as condições normais de cidade do interior.

Há várias atrações turísticas na fronteira como: Cassino Municipal de Rivera, Lojas, Free Shops, Bares, Restaurantes, Passeios na Avenida Sarandi onde pessoas de ambas as cidades se reúnem para conversar.

Entre os lugares turísticos da fronteira podem ser citados: Represa hidrelétrica de Cuñapiru, construída por uma companhia inglesa de Minas de Ouro no Uruguai em 1880, o Parque Municipal Gran Bretaña, localizado a 7 km com área de camping e zoológico, declarado monumento histórico nacional no Uruguai, Teatro Municipal, inaugurado em 4 de outubro de 1977, um dos melhores do interior do Uruguai, a Biblioteca Artigas, inaugurada em 1° de dezembro de 1966, Museu Municipal de Artes Plásticas, fundado em 1970 e o Balneário Municipal “Passo do Serpa”.

No lado brasileiro temos para oferecer aos turistas que vêm até a Fronteira da Paz os seguintes pontos turísticos: Parque Internacional, localizado na linha divisória, metade pertence ao Brasil e metade ao Uruguai. É um vasto parque com flores e árvores decorativas, contendo no centro um obelisco que demarca a divisa entre o Brasil e o Uruguai. No mesmo Parque, seguindo-se a linha imaginária da divisa, encontra-se a poucos metros a Fonte Luminosa com suas águas coloridas, ponto de atração de todos que visitam esta fronteira pela sua beleza e singularidade. Também encontra-se o Monumento às Mães, numa expressiva e tocante homenagem às Mães do mundo.

O obelisco internacional, símbolo da união das duas pátrias, possuí os escudos do Brasil e do Uruguai e o relógio que marca as horas de ambos os países respectivamente. Temos ainda a Praça General Osório a principal praça da cidade, possuí árvores com mais de um século de existência e também a beleza das esculturas e jardinagem. Na praça General Osório está a palmeira plantada por Dom Pedro I, quando esteve no Brasil, hoje considerada patrimônio histórico cultural.

CTG Fronteira Aberta

O primeiro a preservar, cultuar e proporcionar uma revitalização da Cultura Riograndense. Fundado em 1955 representa a força do Gaúcho. Possui um museu que guarda objetos típicos da vida do gaúcho.

Clube Campestre

Entidade social localizada no bairro industrial do Armour, oferece o mais completo equipamento de esporte da cidade, o Clube de Golf, o mais antigo do Brasil, construído pelos ingleses, para seus lazer na época em que os mesmos dirigiam o frigorífico na época. Possui também quadras de tênis, futebol de campo, basquete, vôlei e padel, piscinas e salão de baile.

Cerro de Palomas

Situado na entrada da cidade, quem vem pela BR 158 observa ao longe aquele majestoso morro, sendo um cartão de visitas da cidade.

Porto Seco

Surgiu através do Decreto Lei n° 1206 de 03/02/72 do Governo Federal, com a finalidade de controle de entrada e saída de mercadorias.

Parque Municipal do Batuva

Surgiu como um projeto turístico. Conta com uma área de 220há. A inexistência de rios e praias próximas a cidade torna o projeto interessante. A formação de uma extensa lâmina d’água permite o uso do Batuva como balneário e área de esporte.

Possui em sua extensão uma passarela, quadra de vôlei e futebol de praia, área para camping arborizada.

Almadén

Localizada em Palomas, desde 1974 a Almadén tem trazido muitas mudas dessas vitiviníferas para Sant’Ana do Livramento.

A campanha gaúcha tem sua nova paisagem entre cerros e coxilhas da fronteira, verdejantes e pioneiros vinhedos que a Almadén plantou.

Santa Colina

Nesta faixa do paralelo 31, o mesmo de Palomas, está também no Passo do Guedes a pouco mais de 30 km do centro da cidade os vinhedos da Santa Colina, um projeto do grupo japonês Hombo, o maior produtor e distribuidor de bebidas do Japão, que vem produzir para aquele país e também para o mercado brasileiro.

A área cultivada atualmente é de 80 hectares. Sua produção de vinhos é de 400 mil litros.

Prédios de valor histórico

Casa de Nelson Gonçalves – localizada na esquina da rua Vasco Alves e Silveira Martins, berço do grande cantor brasileiro santanense denominado “a voz de ouro do Brasil”.

Casa do General Flores da Cunha – localizada na Estância São Miguel, 4° sub-distrito, Vista Alegre a 60 km da cidade.

Casa de David Canabarro – localizada na esquina da rua 24 de Maio com Barão do Triunfo, construída em 1845, local onde veio a falecer em 1867.

Prefeitura Municipal – localizada na rua Rivadávia Corrêa e Duque de Caxias, seu estilo é gótico-romano. Foi inaugurada em agosto de 1910.

Igreja Matriz – localizada na rua Sete de Setembro em frente a Praça General Osório, foi o primeiro templo católico de Sant’Ana do Livramento.

Sala Cultural Professor Antonio Francisco Pereira Alves – em 28 de junho de 1978 foi adquirida pela Prefeitura Municipal, o prédio pertencia ao Banco do Brasil, pela Lei Municipal n° 1786 de 30/11/83, sofre reformas e é inaugurada em 21/12/83.

Museu David Canabarro – localizado no 1° andar do antigo edifício do Banco do Brasil, em frente a Praça General Osório.

Museu Folha Popular – localizado nas proximidades do Cerro do registro.